O que é mais barato, ter uma empregada doméstica ou diarista?

Esta é a principal dúvida dos empregadores e contratantes de diarista. A partir da regulamentação dos novos direitos dos empregados domésticos, quem trabalha a partir de três dias na semana para uma mesma família ou pessoa física, é considerado empregado doméstico e deve ter a carteira de trabalho assinada. Quem trabalha até dois dias na semana é considerado diarista e não deve ter a carteira de trabalho assinada.

Quem precisa ter um trabalhador doméstico por pelo menos três dias na semana, a opção mais barata é ter um empregado doméstico. Saiba por quê.

Exemplo

Vamos considerar uma empregada que ganha R$ 1.000,00 (mil reais) por mês sem considerar o vale-transporte, que pode existir ou não. O empregador gastará por mês R$ 1.463,33 já considerando 1/12 avos de férias mais 1/3 do abono de férias mais 1/12 avos de 13º salário.

E comparar com uma diarista que cobra R$ 120,00 por diária, sem contar com o vale-transporte, pois quando ele gasta com condução normalmente é cobrado à parte.

Veja o comparativo

Diarista
(Valor da diária R$ 120,00)
Empregada doméstica
(Salário R$ 1.000,00)
Diferença

Quantidade de diárias /mês

Custo /mês

Por 5 dias de trabalho na semana

8

R$ 960,00

R$ 1.463,33

(-) R$ 503,33

12

R$ 1.440,00

(-) R$ 23,33

16

R$ 1.920,00

(+) R$ 456,33

20

R$ 2.420,00

(+) R$ 856,67

Receba atualizações no seu email